Tenho duas turmas no Júpiter mas quero ter somente um curso no Moodle

 

É possível juntar alunos de duas turmas (do diurno e do noturno, por exemplo) num único ambiente no Moodle da USP. A maneira mais fácil de resolver isto é entrar em contato com o suporte, idealmente com o link (URL, endereço  Web) de um ambiente de apoio existente, e dizendo quais as turmas devem ser acrescentadas. Ou, mencione o código Júpiter/Janus da disciplina (do tipo NNN01234) e os números das turmas (do tipo 2009101 e 2009102). Nós juntaremos as turmas.

O próprio docente também pode fazê-lo: veja como gerir suas turmas num ambiente de apoio existente.

Se você já criou os dois ambientes no e-Disciplinas,  deve pedir que os administradores removem o outro ambiente que não usará mais. [Docentes não podem remover cursos totalmente, mas podem remover todo conteúdo e avisar os administradores (suporte@edisciplinas.usp.br), que removerão o curso.]

Tarefas em Grupo

É possível configurar a atividade “Tarefa” (envio de texto ou de arquivos) para ser feita “em grupo”. Isso significa que somente um dos alunos de um grupo precisa enviar o arquivo e os outros membros do grupo terão acesso e poderão modificar o arquivo até a data de encerramento. Ao ser corrigir, a nota pode ser atribuída automaticamente ao grupo inteiro.

Porém, é essencial usar “Agrupamentos” definido para este caso. Não configurar os grupos e um agrupamento para esta Tarefa vai impedir os alunos de enviar seu arquivo. Ou então, a tarefa vai associar o primeiro arquivo enviado ao um chamado “Grupo Padrão”, o que vai impedir outros envios de todos os outros alunos que não foram inseridos num grupo corretamente.

Veja esta documentação e passo-a-passo criado pelo LAE da FEA  (PDF).

Agrupamentos

 

Ao começar trabalhar com Grupos, você rapidamente perceberá que há necessidade de usar grupos diferentes para atividades diferentes. Um agrupamento é um conjunto de grupos. Tipicamente, fazemos um agrupamentos com os grupos de uma determinada atividade, por exemplo “Grupos de Trabalho da Semana 3”. Um outro agrupamento seria da semana 5. Uma vez formados os agrupamentos, poderá restringir atividades como Fórum ou Tarefa a um determinado agrupamento, o que é essencial no caso de Tarefas em Grupo.

Veja um post (antigo) que explica bem o conceito. Veja também esta documentação e passo-a-passo criado pelo LAE da FEA [GruposeAgrupamentosLAE2017 (PDF)].

Criar outros Grupos

Para usar a funcionalidade “Grupos” do Moodle com outros grupos daqueles criados automaticamente pela integração com Júpiter (veja acima), é preciso criar estes grupos de participantes de outra forma.

Manualmente
É possível fazer a gestão dos grupos manualmente em “Usuários” > “Grupos”.
Interface de Grupos. Verifique o botão “Adiconar/remover usuários”
Atividade “Escolha um grupo”
Primeiro, o responsável cria grupos vazios em “Usuários” > “Grupos”. Depois, é necessário acrescentar a atividade “Escolha um grupo” no seu ambiente, que vai permitir os participantes escolher seu grupo. É possível configurar um máximo de participantes por grupo e outras configurações. Veja mais: https://docs.moodle.org/en/mod/choicegroup

Gerir alunos inscritos

  1. Integração
  2. Docentes Avançados
  3. Desinscrever

A integração com Júpiter e Janus

O Moodle da USP (e-Disciplinas) usa informações dos sistemas Júpiter (graduação) e do Janus (pós-graduação). Quando um ministrante cria um ambiente novo, todos os alunos matriculados no Júpiter ou no Janus são inscritos no ambiente (desde que estes alunos tenham acessado o e-Disciplinas pelo menos uma vez, senão a conta deles ainda não existe no sistema).  Na hora de criar o ambiente de apoio é possível juntar várias turmas no Júpiter num único ambiente de apoio no Moodle. As turmas no Júpiter viram “grupos” no Moodle (veja como usar)

Atenção: é preciso ressaltar que a integração, além de matriculados, também inscreve  alunos no estado “inscrito” ou “pendente” no Júpiter ou Janus.

Isto significa que é importante deixar claro para todos que ter acesso ao ambiente de apoio no Moodle da USP não é, necessariamente, indicação de que está matriculado regularmente e que, portanto, é preciso acompanhar o status da matrícula no Júpiter ou Janus.

A integração com Júpiter e Janus, não tira (desinscreve) alunos do ambiente de apoio automaticamente, mesmo alunos que não estão mais matriculados Júpiter ou no Janus. Veja abaixo como um docente ou apoio técnico pode resolver casos particulares.

Docentes Avançados

Para docentes avançados (todo docente pode se autopromover a docente avançado, clique aqui), é possível acrescentar matriculados de outras turmas de Júpiter ou Janus ao seu ambiente de apoio. Em “Métodos de inscrição”, clique na caneta amarela para configurar o comportamento do método “Inscrições da USP”:

Para gerir as inscrições no seu ambiente via a integração com Júpiter/Janus, 1. se autopromova para o papel “Docente Avançado”, .2. vá para os métodos de inscrição e 3. configure o método Inscrições da USP

Comece a escrever o código da disciplina (o que aparece no Júpiter ou Janus) e escolha a turma desejada (no caso de turmas de Júpiter, a turma é indicada pelos últimos três algarismos do código). Veja que no exemplo apresentado escolheu-se para a disciplina FLS046 a turma 02 do primeiro (1) semestre de 2018 (2018102).

Acrescentar uma turma do Júpiter ou Janus

Cuidado, o processo inverso, de retirar uma turma da disciplinas, é diferente: para tirar uma turma não é suficiente simplemente deselecionar a turma aqui. Além de tirar a turma na interface descrita acima, vai ter que ir para lista de participantes, usar o filtro “Grupo:”,  selecionar a turma que quer tirar e desinscrever os selecionado (“Com usuários selecionados… / Inscrições da USP / Delete selected users”). Ou, caso tenha acrescentado uma turma por engano, entre em contato com suporte@edisciplinas.usp.br

Desinscrever

Desinscrever alunos pode ser feito manualmente (pelo docente ou pelo próprio aluno). Mas se a matricula permanece no Júpiter, o aluno será inscrito de volta no ambiente de apoio automaticamente a próxima vez ele que entra no e-Disciplinas!

Uma alternativa melhor para estes casos é “suspender” um aluno inscrito. Pode suspender inscritos individualmente: na lista de participantes (usuários inscritos), clique no ícone de engrenagem ao final da linha com o nome do aluno.

Também é possível configurar o método de inscrição USP para suspender automaticamente os alunos no estado “Pendente” ou “Inscrito” no Júpiter.

Gerir o estado (“ativo” ou “inativo” = suspenso) no Moodle baseado no estado da matrícula no Júpiter ou Janus. O checkbox “suspender excluídos” vai colocar no estado inativo alunos inscritos, mas já não mais matriculados no Júpiter ou Janus.

O caso mais comum que é preciso desinscrever é de alunos que na hora de criar o ambiente estavam no estado “Inscrito” no Júpiter, mas não foram aceitos. Para estes casos, siga os passos a seguir.

  1. Se autopromova para Docente Avançado e configure o método de inscrição “Inscrições da USP”.
  2. A função do checkbox “Suspender excluídos” na imagem acima é  de suspender (colocar no estado “inativo”) no Moodle os alunos que em algum momento foram inscritos no Moodle (porque estavam na turma no Júpiter ou Janus) mas que agora não estão mais na turma.

Neste ponto, os alunos “suspensos” já não podem mais acessar o ambiente e não aparecem no quadro de notas. Opcionalmente, pode excluir ele definitivamente seguindo os passos a seguir

  1. Volte para a lista de participantes (ícone amarelo ou Usuários / Usuários inscritos no bloco administração) e selecione todos as contas no estado inativo (digite “inativo” no filtro)
  2. Finalmente, em “com usuários selecionados” no final da página, escolhe “Delete selected users” do método Inscrições da USP:
Após suspender os alunos, pode filtrar para selecionar somente os “Inativos” e desinscrever eles (note que “Delete” significa “Desinscrever” aqui.

Juntar Turmas

Recomendamos juntar as turmas se houver mais que uma turma por disciplina. Mesmo tendo duas ou mais turmas no mesmo ambiente no e-Disciplinas é possível se comunicar com as turmas separadamente ou encaminhar atividades diferentes, se for preciso. Se juntar turmas de outros ministrantes, vai ter que coordenar com seus colegas.

Se preferir, também é possível ter um ambiente por turma. Neste caso não junte as turmas (ou seja, deixe tudo no seu padrão, do jeito que está), crie o ambiente de uma das turmas, volte para a página principal e crie o ambiente da sua outra turma.

Como juntar turmas

Veja como juntar, num único ambiente no Moodle, várias turmas do Júpiter. Comece criando o ambiente de uma das turmas e na segunda tela (o 2o click após “criar ambiente”), escolha as outras turmas. Se as outras turmas têm outros ministrantes, esses serão inscritos também (é possível inscrevê-los manualmente também se o colega ministrante não tinha conta no sistema no momento de criação do ambiente).

Ao juntar as turmas, a integração com Júpiter cria um grupo para cada turma. Veja como trabalhar com grupos para separar recursos, mandar mensagens para cada turma e outras possibilidades.

Veja as instruções detalhadas de como é o novo processo de criação de ambientes de apoio e junção de turmas (post de 2017, mas continua válido) .