Não posso “abrir” o meu curso para visitantes por causa de “direito autoral”

 

“Direito Autoral” não é motivo para deixar materiais atrás de um muro fechado.

É perfeitamente possível (e, do nosso ponto de vista, recomendável) compartilhar o seu material didático sem abdicar dos seus direitos autorais. O(a) professor(a) pode indicar no próprio texto ou recurso que ele/ela é o detentor(a) dos direitos autorais. Existem maneiras legais bem estabelecidas de dar um pouco mais de liberdade ao seu público (de re-distribuir, re-usar), indicando explicitamente o que pode e não pode fazer com esta material, mas sem abrir mão dos seus direitos: veja http://www.creativecommons.org.br/

O segundo motivo que poderia levar alguém a não compartilhar o seu trabalho seria porque usou material de terceiros, este material sendo protegido por direitos autorais. Porém, em muitos casos é perfeitamente legal usar “pequenos trechos” de uma obra em seu material didático. Na grande maioria dos casos, simplesmente seguir as normas do discurso acadêmico por meio da atribuição correta à fonte original, afasta qualquer mal-estar por parte de todos os envolvidos.

Somente em casos de obras inteiras, sem o aval explícito do autor, é preciso evitar que o material fica exposta na internet para qualquer um acessar. Neste caso, veja aqui para restringir o acesso a um único arquivo, ou aqui para fechar seu ambiente inteiro.

07. Os alunos não estão aparecendo como Participantes na disciplina

 

Antes de mais nada: o sistema não “puxa” todos os alunos matriculados do Júpiter todos de uma vez. Mesmo se tudo estiver configurado corretamente, os seus alunos aparecerão no seu ambiente somente quando acessarem o Moodle da USP pelo menos uma vez (e o aluno deve se logar: não é suficiente somente acessar a página como visitante).

As inscrições dos alunos matriculados no Júpiter/Janus no ambiente de apoio no Moodle da USP pode não funcionar corretamente por alguns motivos:

  1. O campo “Turmas da USP” (nas configurações do ambiente) não está configurado com o código correto. Este campo deve conter um código do tipo codigo-jupiter.versão.turma.
  2. A sincronização das turmas e matriculados no Júpiter ou Janus com o Moodle da USP é feita somente uma vez por dia, de madrugada.
  3. Talvez um determinado aluno simplesmente não esteja matriculado corretamente na disciplina no Júpiter ou Janus. Neste caso, faça a inscrição manual.

Qualquer dúvida, entre em contato com o nosso Helpdesk que poderá ajudá-lo com as configurações.

01. Por que não consigo me inscrever ou acessar uma disciplina?

 

Existem algumas possibilidades que podem causar este problema:

  1. O aluno não está matriculado no Júpiter na respectiva disciplina.
  2. A sua turma do Júpiter não está configurada para ser inscrita neste ambiente de apoio online.
  3. O docente responsável pela disciplina não criou o ambiente virtual.
  4. Houve algum erro na criação do ambiente.

Como proceder: entre em contato com o docente responsável pela disciplina, informando-o sobre o problema, para que ela ou ele possa corrigir o problema.

Ouvintes e outras pessoas sem número USP

Somente pessoas com números USP e Senha da USP podem se logar no Moodle da USP. Além de docentes, funcionários, alunos de graduação e pós-graduação, alunos especiais de graduação e pós-graduação também podem se logar no Moodle.

Um professor pode convidar um chamado “ouvintes” ou qualquer pessoa para sua sala de aula. Para estes “ouvintes” ou outras pessoas sem acesso à infraestrutura computacional da USP infelizmente não é possível participar (se logar) no Moodle da USP / e-Disciplinas, mas podem ter acesso aos recursos disponibilizados. Veja algumas recomendações:

1. Deixar o ambiente aberto para visitantes, de modo que, mesmo não-logadas, as pessoas podem acessar o conteúdo. O padrão para novos ambientes no Moodle da USP já é “aberto”, mas veja também como configurar este acesso

2. Talvez sua seção de graduação ou pós-graduação tenha uma política de criar um números USP para determinados tipos de pessoa (é importante que cadastrem um e-mail alternativo, de modo que possa ser criada uma Senha da USP em https://id.usp.br/). Um exemplo disso seria o programa USP para a terceira idade. Após a criação do número USP, podem ser matriculados no Júpiter e, no dia seguinte, a integração Júpiter ou Janus -> Moodle funcionará normalmente.

07. Restringir recursos a somente à comunidade USP

 

Limitar o acesso a um recurso ou atividade à comunidade USP

Limitar o acesso a um recurso ou atividade à comunidade USP

De modo padrão, os recursos nos ambientes de apoio online às disciplinas no Moodle da USP estão abertos para visitantes acessar. Tornar o seu ambiente de apoio acessível para visitantes permite aos docentes compartilhar o seu material com o Brasil e o mundo. Em alguns casos (cursos com muito material que não pode se tornar público), é apropriado fechar o curso inteiro. Há a alternativa de restringir somente alguns recursos para um público menor (interessante para recursos sob proteção de direitos autorais, para qual a ampla distribuição não é permitida).

Veja como fazer: ao editar o recurso ou atividade, veja na seção “Restringir acesso” o campo “Campo de usuário” e escolha “Número USP” e “não está vazio”. Configurado assim, o recurso ou atividade não será acessível para visitantes.

Configurar acesso de visitantes

Clicando em “Métodos de inscrição” > “Acesso como visitante”, determine se não-logados podem ver os arquivos e os outros recursos estáticos do seu ambiente de apoio.

Normalmente, os cursos do Moodle da USP estão “abertos” de modo que visitantes (qualquer usuário da Internet, incluindo os mecanismos de busca como o Google) podem acessar o material disponibilizado. Porém, mesmo aberto, todas as contribuições de alunos, tais como discussões no fórum ou envios de arquivo, permaneçam sendo acessível somente para os inscritos no ambiente de apoio.

Caso queira que ninguém (além dos matriculados da sua disciplina) veja os recursos, conteúdos e materiais didáticos disponibilizados, é possível fechar o seu ambiente. Acesse seu curso e procure no menu “Administração” o link Usuários > Métodos de Inscrição > Acesso como visitante (veja ao lado).

Criação de novos ambientes de apoio às disciplinas

Para docentes ministrando turmas (conforme cadastrado no Júpiter/Janus pela seção de graduação ou pós) aparece na página principal do Moodle um botão verde “criar ambiente”.

O Moodle da USP / e-Disciplinas oferece a possibilidade de criar “ambientes de apoio” aos ministrantes de turmas cadastrados no Júpiter ou JanusPara criar uma disciplina, procure o botão verde “criar ambiente” na página inicial do sistema
(leia mais embaixo caso sua disciplina ou turma não consta).

O processo de criação é simples:

Passo 1: as configurações de algumas opções básicas, o título, nome curto (que aparece na barra de navegação). Uma escolha importante é o acesso ao material didático por parte de visitantes e Google (aberto por padrão, veja mais em “Detalhes“).

(clique para ampliar)

Passo 2: a inscrição dos matriculados no ambiente. Se houver mais que uma turma, recomendamos juntar as turmas caso os ministrantes trabalham juntos e há sobreposição do material e atividades. Veja “Usar turmas” para mais informações.  Se não quiser juntar as turmas, não mude nada, crie o ambiente e volte para a página inicial do site para criar a outra turma.

(clique para ampliar)

Veja o processo inteiro:

Agora que foi criado seu ambiente de apoio, veja o material de referência para aprender a usá-lo.

Detalhes

Se o link “Criar ambiente” não aparecer:

  1. Após entrar pela primeira vez no Moodle da USP, os links “criar ambiente” para a criação do ambiente, somente ficarão disponível no dia seguinte (estamos resolvendo esta limitação da nossa integração Júpiter ou Janus -> Moodle.)
  2. Há outras razões de não termos links “criar ambiente”: pode não haver oferecimento de uma disciplina (segundo Júpiter ou Janus); o Setor de Graduação ou Pós da sua unidade ainda não atualizou as informações no Júpiter ou Janus; ou se nossa integração falhar por algum outro motivo. Em todos estes casos, podemos criar o curso manualmente, basta entrar em contato conosco (suporte@edisciplinas.usp.br). É preciso entrar (se logar) pelo menos uma vez no Moodle da USP para que seu usuário seja criado no sistema. É necessário o seu nome (o número USP também pode ser útil), e o código da disciplina no Júpiter ou Janus, e eventualmente o código da turma (um código do tipo “2019101”). Podemos “juntar” mais do que uma turma no mesmo ambiente.

Acesso de visitantes:

Por padrão, o acesso de visitantes é permitido, mas pode ser mudado pelo ministrante. Aberto para visitantes significa que é permitido o acesso do conteúdo “estático” (arquivos e material didático) por todos os visitantes, incluindo mecanismos de busca como Google. Para restringir o acesso ao seu material somente aos alunos inscritos, escolha “Não” na hora de criar ambiente de apoio. Para ambientes existentes, veja como configurar o acesso de visitantes. Saiba que, mesmo abrindo o seu ambiente de apoio online, é possível também restringir o acesso a um recurso em particular.

Como criar um ambiente por turma ao vez de juntar turmas

Recomendamos juntar as suas turmas num único ambiente e usar a funcionalidade “Grupos” para se comunicar e desenvolver atividades com as turmas separadas, se for o caso.

Porém, há razões legítimas de criar 1 ambiente por turma, mesmo pelo mesmo ministrante. Neste caso, clique no botão “criar ambiente” e crie o ambiente da primeira turma (na 2a tela do processo, não escolhe a outra turma). Em seguida, volte para a página inicial do sistema, e repete o processo para a outra turma.

Ministrantes  de turmas e responsáveis de disciplinas

A integração do Moodle da USP / e-Disciplinas funciona assim: há uma cópia (atualizada diariamente, de madrugada) das informações do Júpiter e do Janus. Caso conste que o usuário logado é ministrante ( o termo do Júpiter)  de uma turma, o Moodle oferecerá a possibilidade de criar um ambiente de apoio a esta turma e disciplina por meio de um botão verde “criar ambiente” na página principal. Desde o primeiro semestre de 2019, esta possibilidade também é oferecido aos chamados responsáveis (novamente, um conceito do sistema Júpiter) de disciplinas. Porém,  para os responsáveis somente terá o botão “criar ambiente” caso a seção de graduação não cadastrou um ministrante da turma para este semestre.