Avaliação avançada de tarefas (Rubrica)

A plataforma e-Disciplinas permite que o docente crie critérios prévios para a avaliações de tarefas, a “Rubrica”. Nela é possível definir o que será avaliado na tarefa e um nível de pontuações possíveis, com mínimo de dois níveis e soma maior que zero.

Mesmo havendo a necessidade de gasto de tempo para a produção da rubrica, ela pode significar um ganho de tempo na atribuição de notas aos alunos. Além disso, há uma maior uniformização nas avaliações, agilidade e clareza nos feedback.

Para usar a Rubrica é simples, basta que durante a criação da Tarefa seja escolhido o método de avaliação por Rubrica como pode ser visto a seguir.

Clique para ampliar

Criado a tarefa, em seguida devemos criar a rubrica.

Clique para ampliar

Quando a nota for ser atribuída, deve-se escolher uma pontuação entre as disponíveis e a nota final do aluno será calculada automaticamente ao final da avaliação.

Mudar o método de avaliação

O e-Disciplina permite mudar o método de avaliação de uma tarefa já pronta. Essa mudança não acarretará conflitos ou alterações nas notas já atribuídas.

Clique para ampliar

Após a mudança basta criar a rubrica como já foi mostrado. Vale ressaltar que o e-Disciplina não exclui rubricas já feitas (isso vale para cada atividade individualmente) após a mudança para avaliação simples. Assim, caso o docente queira voltar para a avaliação avançada por rubrica ele não precisará refazer a rubrica.